Daqui, do hospital. - Birras em Direto

Daqui, do hospital.

Estou internada há dias e com vontade de vos escrever para poder desabafar o que vai dentro de mim, mas ao mesmo tempo tive um medo enorme desta partilha e por isso demorei.

Dia 15 de Agosto comecei com contrações e algumas dores no baixo ventre! O meu marido ligou de imediato para a “Saúde 24” que enviaram, a correr, o INEM. O destino foi certo: Hospital. As contrações continuam, 27 semanas e 5 dias, e eu não quero acreditar! Risco de parto pré-termo não pode ser! Fico de imediato internada e embora o colo do útero esteja fechado, as contrações não vacilam e claramente podem desencadear o parto.

A minha mente vagueia e insiste em encontrar um foco positivo, o meu inconsciente acho que está ansioso, mas não quer transparecer…

Sou uma pessoa que gosta de estar bem esclarecida e quer sempre saber todos os prós e contras, por mais que o futuro seja diferente preciso estar preparada para tudo e, nesse caso, quem leva comigo são as enfermeiras e as médicas pois faço questão que me seja tudo explicado.

Acabei por ser transferida para um hospital com serviço de Neonatologia, e o problema? Estava tudo cheio a nível nacional, não havia vagas! Aguardei uma vaga sempre esperançosa que tudo ia correr pelo melhor, e aqui estou! Não preciso de pensamentos nem de pessoas negativas nesta altura! Preciso de boas energias, preciso que rezem por nós! Posso pedir-vos isso?

A vaga chegou, mas caso os bebés nasçam só têm vaga para 1 gémeo! Ok, será temporário pois eles não vão nascer já (quero acreditar)! Não podem! Estão tão bem na barriguinha da mãe, precisam de crescer mais um bocadinho! Cada dia é uma vitória, cada semana é um milagre!

Neste momento rezo, rezo muito, peço a quem já partiu e a quem me quer bem para o fazer comigo… falo com eles para se aguentarem ao máximo, para não serem apressados!

Tenho muitas horas para pensar, para ler, para escrever, para me entreter, mas a minha prioridade é o descanso! O repouso absoluto é obrigatório e eu respeito!

Inevitavelmente procuro histórias na Internet parecidas à minha, umas felizes e outras tristes, mas já parei de fazê-lo! Fazem-me mal e prefiro não saber mais do que a minha própria história! Quero pensar no meu final feliz! Será uma luta diária? Sem dúvida!? Irei chorar? Claro. Sofrer? Sim, mas não quero e por isso penso noutras coisas! Esperança? Muita mesmo!

Os meus estão a sofrer também, eu sei, embora me tentem dar toda a força do mundo! Mas vamos aguentar! Vamos acreditar que tudo correrá pelo melhor (e vai!).

Diana e Diego cresçam todos os dias mais um pedacinho dentro da barriga da Mamã, saudáveis e Felizes (como vos quererei sempre)!

Um beijinho da Mamã Birras!

P.S. Continuarei a escrever-vos daqui, faz-me bem. Sinto-me ocupada, preciso do vosso carinho, e de escrever como tanto gosto. Desculpem ter-me ausentado.

Estou à tua espera também no Instagram e no Facebook 

Só tens de me seguir 
🙂

Lê também estes Artigos

Comentários (21)

  • Sandra Ganchas 3 meses ago Responder

    Olá, só soube da sua existência agora mesmo e queria que soubesse que também estive nessa situação, os meus meninos quiseram nascer às 18 semanas, coisa que nós sabemos ser impossível…o meu Henrique nasceu e tornou se o meu anjinho no céu, e conseguiram fazer com que o trabalho de parto parasse e fiquei em repouso absoluto a lutar para salvar o Gonçalo…a Carolina com 4 anos parecia entender melhor e lidar com a situação do que nós, mas às 27 semanas o Gonçalo nasceu e com apenas 1kg, o meu herói venceu uma batalha de 72 dias de internamento na neonatologia. Hoje olho para ele e vejo o homenzinho de 13 anos, lindo, saudável e carinhoso, e parece que não me lembro de ele ter sido tão pequenino, só quando vejo as roupas que só vestiu um mês depois de nascer, tão pequenas…as fotos…os cheiros…o barulho das máquinas que o salvaram…ou o sorriso de dor que tentamos disfarçar… Mas tudo vai correr bem, muita fé, estamos a lutar juntos. Beijinhos

  • Ana Palma 4 meses ago Responder

    Olá Marta! Com calma tudo se vai fazer vais ver! Nunca estive na tua situação.. E também tenho filhos. Só quero enviar aquela força que só as mamãs tem. E eu tenho muita para te enviar. Um beijinho muito grande e pensamentos positivos. Tudo vai passar e para o ano, por esta altura vais estar a sorrir com a memória que tudo foi no caminho certo.

  • Diana Martins 4 meses ago Responder

    Muita força. A luta continuará por muito tempo: antes de nascerem e o depois, em que haverão avanços e retrocessos. Os pais prematuros são pais guerreiros e agarram-se à esperança e ao amor.
    A minha filha nasceu com 32 semanas e 5 dias. Ficou internada 29 dias. Felizmente correu tudo bem.
    Agarre-se ao seu menino. Leia histórias com ele, jogue e brinque o mais que puder para passar o tempo rodeada de boas energias e amor.
    Vai correr tudo pelo melhor!
    A vida é um milagre e só quem passa por situações como esta, compreende.
    Beijinhos.
    Aguardamos novidades (faz bem escrever).

  • Ana nuxa 4 meses ago Responder

    Está no sítio certo rodeada das pessoas certas para a ajudar. Muita força e muita fé, vai tudo correr bem. Por aqui também estamos de 27semanas de um menino,e nada a ver com a primeira gravidez… Beijinhos e pensamento positivo sempre

  • Vania 4 meses ago Responder

    Ola mama birras…tudo vai correr bem marta..e eles vão nascer cheios de saúde e muita traquinice😂 aproveita para descansares e escreveres muito para estas mamas… com quem entao já no hotel 😝 espero que seja 5⭐⭐⭐⭐⭐… muita força querida…

  • Diana Lopes 4 meses ago Responder

    Força Marta. Vai tudo correr bem. Pensamentos positivos e muita fé fazem milagres. Boa sorte. Uma grande beijinho

  • Andreia 4 meses ago Responder

    Vai tudo correr bem! 😉Beijinhos 😙

  • ARS 4 meses ago Responder

    Marta, li o post com o coração apertadinho. Muita força, muita fé e muita esperança! Um dia de cada vez e os gémeos irão nascer um bocadinho maiores e um bocadinho mais fortes! Um enorme beijinho de esperança E força

  • Inês 4 meses ago Responder

    Olá, sigo-a há muito pouco tempo, mas não podia deixar de comentar este post. Tive a minha primeira filha este ano, mas a minha gravidez levou-me a 3 internamentos, sempre em hospital com serviço de neonatologia. O primeiro internamento foi às 25 semanas e tmb era uma ameaça de parto prematuro. Senti provavelmente o mesmo que a Marta. Não esperava, não queria e tinha muitas dúvidas e medos. Assisti a muitas histórias felizes, nos meus 3 internamentos! Mesmo de pequeninos que precisaram do serviço de neonatologia. Os dias custam, mas é melhor estar acompanhada, vigiada, com os melhores profissionais! Aproveite para tirar todas as dúvidas e ficar com a cabeça descansada. Força!

  • Diana Praça 4 meses ago Responder

    Não existe a palavra haviam. Nem apreçados. Que tudo corra pelo melhor!

  • Daniela 4 meses ago Responder

    Ola…queria deixar te uma palavra de conforto e sim, vai tudo correr pelo melhor.. sou mae do antonio de 18 meses e estou a espera de outro bebe que ainda nao sabemos o sexo 💛.. nao te sintas sozinha… estamos todas a torcer desde lado.
    Confia… vai tudo correr bem 🍀💚

  • Joana Gomes 4 meses ago Responder

    Querida Mamã Birras,
    Tenho a certeza que tudo irá correr pelo melhor! Vou estar aqui a torcer por vocês e deixo convosco a minha oração. Beijinhos grandes e muita força

  • Lais 4 meses ago Responder

    Não precisa aceitar este comentário.
    Sua história é talvez parecida com a minha, mas no meu caso era um bebê só (minha menina Clara que hoje tem 6 anos!).
    Acredite! Seja forte, pq falta pouquinho pra eles nascerem bem.
    Eu tive iic e descobri com 23 semanas, minha primeira e única gravidez, com 24 fiz a cerclagem pro colo não abrir, e conseguiram dar apenas um ponto, e eu entrei em trabalho de parto prematuro… e foi assim os 3 meses seguintes, contrações absurdas, remédio 24h na veia, e repouso absoluto internada no hospital. Foi angustiante, foi, mas no fim correu bem, ela nasceu de 35 pra 36 semanas e é perfeita com saúde!
    Com certeza seus médicos estão fazendo o melhor, exija acompanhamento a todo tempo, eu não tinha dinheiro pra tomar o remédio que precisava, mas meu médico deu um jeito é salvou nossas vidas, colocou medicações, media os efeitos, e fomos indo assim.
    Espero que minha pequena história lhe traga esperança de que tudo é possível.
    Boa sorte e que nossa senhora do bom parto te acompanhe.

  • Ana 4 meses ago Responder

    Vai tudo correr bem para todos. Os seus pequenos precisavam que a mamã tivesse a descansar. Não pense para não serem apressados. Pense que se vão aguentar. Pense sempre no que quer e não no que não quer. Envolva sempre os seus pensamentos com palavras positivas. Agradeça sempre mais uma hora, mais um dia. Seja grata sempre, sempre. Medite, todos sabemos meditar, acredite. Acredite no seu corpo como o seu templo que preteje os seus bebés, cuide o seu templo alimentando o com pensamentos e palavras positivas. Aproveite para descansar, para conversar com os seus bebés, ouça música calma que a induza num sentimento de bem estar e tranquilidade. Tudo vai correr bem.

  • Diana Ferreira 4 meses ago Responder

    Vai correr tudo bem, e quando nós pensamos que não vem uma força sabesse la de onde e ficamos impressionadas com a força que temos e nem sabíamos. Acho que quanto mais pensamos pior, estou de 17semanas e vou rezar por nós e por vós😊 vamos la ver vídeos de rir, rir mt e continuar a escreve e a contar todas as coisas boas de receber visitas, de como é a comida lol mts energias positivas

  • Irina 4 meses ago Responder

    🙏🏼🙏🏼❤️ Acreditar! Acreditar num amor que tudo vence! Força e tudo correrá bem 😘

  • Liliana 4 meses ago Responder

    Deixo aqui o meu carinho e um grande beijinho meu e do meu pequenote que está dentro da minha barriga ❤️ Tenho a certeza absoluta que tudo irá correr bem! O meu pensamento e energia estão contigo! Força e boa energia!

  • Elsa Barbosa 4 meses ago Responder

    Minha querida muita força e muita fé,sei que não é fácil…muitas vezes só conseguimos imagino o pior cenário possível mas tens que acreditar que vai correr tudo bem…
    Eu tbm comecei contrações às 26 semanas e minha obstetra queria internar me eu implorei para vir para casa ver como corria. Tive de baixa de risco desde essa altura com indicação de muito descanso porque embora fosse só um bebê ele era muito pequeno( percentil 7😢). E ele aguentou até às 39 e 4 dias… Vais ver vai ser só um susto… Temos que acreditar que no final tudo correrá bem.
    E vocês, seus marotos, deixem se estar aí sossegadinhos. Aqui está muito calor. 😊
    Um beijinho e estarei a torcer por ti…

  • Inês Robalo 4 meses ago Responder

    Minha querida, vais ver que tudo correrá bem! Isto é apenas uma etapa que terás de ultrapassar. Não passará de um susto. Beijo grande

  • Ana Isabel 4 meses ago Responder

    É a primeira vez que comento, mas tinha que deixar aqui a minha força! Estão nas minha orações!!! Que seja só um susto e tudo corra pelo melhor! Muita forca!!! Um beijinho ❤️❤️❤️

  • Monica 4 meses ago Responder

    Olá!
    Já tinha sentido a ausência… e suspeitei que se passasse alguma coisa… 🙁 Mas vai correr tudo bem… vão aguentar no forninho… pensamento positivo… beijinhos 😘

Deixar Resposta