Birras em Direto - Página 2 de 25 - Birras de uma Família numerosa

É preciso alimentar a relação!

A partir do momento que nasce um filho nasce uma Mãe também mas a Mulher e a Esposa não podem anular-se e sejamos sinceras, é muitas vezes o que acontece.

Com uma família numerosa, os momentos românticos ficaram para segundo plano mas não foram anulados, simplesmente no meio de tantas crianças resta pouco tempo para nós. No entanto, estamos sempre a contrariar as estatísticas e desta vez preparei um jantar romântico.

Fui ao Lidl e fiz as compras necessárias para a deliciosa refeição.

Quero regressar à minha profissão mas será que há lugar para mim?

São quase 23h, as crianças estão a dormir, a casa está organizada, o dia seguinte está planeado e decidi refletir sobre o meu futuro profissional… Um futuro incerto mas nada confuso na minha cabeça! Sei bem aquilo que quero, tenho alguns projetos em mãos que vão avançar brevemente mas apesar de os adorar, o meu coração continua a bater freneticamente pela minha área profissional. As borboletas aparecem na minha barriga sempre que me visualizo na situação e acreditem que consigo sentir que já é realidade.

A partir do momento que abracei a maternidade tive de fazer uma escolha, tomei a decisão mais difícil da minha vida. Optei pela minha família e deixei para trás um emprego de sonho para muitos! Apresentava um programa de turismo e viajava pelo mundo para dar a conhecer os mais belos locais. Sou licenciada em jornalismo mas o entretenimento sempre falou mais alto que a informação. Despedi-me pois o meu filho, na altura com apenas 2 anos, começou a sentir a minha ausência, a sua insegurança começou a ser bastante notória, a revolta estava presente, deixou de dormir na escola, pouco comia e perguntava constantemente por mim. Um emprego que exige que fiques fora durante semanas não combina com a maternidade mas trabalhei horas a fio e nunca me queixei porque amava realmente o que fazia.

Alentejo sem birras e com muitas aventuras

Organizar uma escapadinha não é tarefa fácil e quando envolve crianças, o processo torna-se mais complexo pois sabemos que eles são exigentes e precisam de entretenimento constante, caso contrário a coisa complica-se.

Para programar um fim de semana cheio de animação e que de certa forma desse para descansar tivemos a ajuda da Perfect Moments, uma empresa de atividades de animação turística que abrange programas de fim de semana em família ou entre amigos. Conheci a Helena, a fundadora desta empresa quando me casei nos céus de Fronteira à boleia de um balão de ar quente. Podem ler aqui o artigo sobre esse dia maravilhoso proporcionado pela Bad Bad Maria.

A música e a Maternidade – O melhor dos dois mundos

Aos 4 anos já chamava a atenção da família para os concertos que fazia recheados de canções da época. Qualquer brinquedo servia de microfone, o importante mesmo era cantar.

Ana Gomes viu na música o seu porto de abrigo, ninguém podia negar que não era a sua vocação. Os primeiros passos profissionais nesta área foram dados quando entrou para a escola. O seu professor de música percebeu que tinha um dom e começaram a trabalhar juntos nesse sentido. Na altura destacava-se a cantar músicas infantis e foram elas que a levaram a subir a inúmeros palcos de festivais durante a infância, como o Bravo Bravíssimo.

Como é bom regressar ao Algarve mas desta vez a 5

Todos os anos o Algarve recebe a minha visita, já é um hábito estabelecido e que dificilmente irá acabar. Seja em trabalho ou em lazer não deixo escapar a oportunidade de respirar os ares do sul e que bem me faz.

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por aquele local mágico! Albufeira, Vilamoura, Portimão ou até Olhão, todos os sítios têm o seu encanto aos meus olhos e o mais difícil é mesmo regressar. Não sei explicar muito bem o porquê de me sentir assim, talvez pela sua essência ou porque me traz memórias de infância, memórias boas que deixaram uma marca bem profunda no meu coração.

Os gémeos já foram para a escola

Fotografia Sugar & Soul

Quando engravidei dos gémeos tinha bem presente que apenas iriam entrar para a creche quando tivessem um ano de idade mas tal não aconteceu. Estar com dois bebés em casa 24/24h exige muito de mim e de uma forma que me estava a afetar psicologicamente. Todas sabemos que para os filhos estarem bem as mães têm igualmente de estar.

Para minha surpresa estava a dar conta do recado e muito bem, não pensem que me estou a vangloriar, estou apenas a constatar um facto pois consigo ver a grande diferença da mãe que fui quando o Rafa nasceu e a mãe que sou hoje. Sei que a experiência é maior e que por sua vez facilita e nos deixa menos ansiosas. No entanto, o trabalho que 1 criança e dois bebés dá é muito maior por isso consigo perceber que estou uma mãe mais calma, mais consciente e menos stressada.

Vou ter um irmão. E agora?

Fotografia Sugar & Soul

Ter um irmão é o melhor presente que podemos dar a uma criança. Este será um presente para a vida mas temos de ter atenção que esta fase exige uma adaptação. O mais importante é mostrarmos que existem inúmeras vantagens na passagem de filho único para irmão mais velho.

A rotina da família é alterada e claramente pode gerar ansiedade aos pais e consecutivamente à criança. Vão existir comportamentos que nos deixarão de cabelos em pé mas que são expectáveis, normais nesta fase de adaptação. Condenar constantemente a criança pode ser o maior erro de um pai. É normal que regridam e que peçam novamente a chucha que já foi guardada, precisem novamente de fraldas pois os descuidos começam a ser constantes, os ciúmes e as birras intensifiquem e muitas outras atitudes para chamar a atenção. Os pais têm de ser firmes e mais inteligentes e arranjar estratégias que minimizem esses comportamentos.

Será que estou grávida?

Fotografia Dois é Par

Às vezes pensam que sou especialista em gravidez e fazem inúmeras perguntas, até mesmo as minhas amigas e alguns membros da minha família, talvez por ter três filhos ou por ter um blogue de maternidade. Não as julgo e até fico lisonjeada pois é sinal que confiam em mim e que posso de alguma forma ajudá-las nesta que é a fase mais importante da vida de qualquer mulher.

“Marta quais são os primeiros sintomas que podem indicar que estou grávida? Esta é uma das perguntas mais constantes e claro que me apetece rir à gargalhada mas consigo controlar-me e compreender o outro lado. Digo exatamente o que me aconteceu por experiência própria no entanto, o fiável é fazer um teste de gravidez visto que nem sempre uma mulher percebe os sinais, alguns podem ser confundidos com outras situações hormonais ou até não terem quaisquer sintomas. Cada gravidez é única!

Os gémeos foram ao SPA

Antes de engravidar dos gémeos tomei conhecimento de um Spa para bebés, o Baby Hugs. Achei a ideia super gira e muito interessante, no entanto estava um pouco reticente quanto ao conforto dos bebés devido à bóia ser colocada à volta do pescoço. A ideia foi logo desmistificada assim que os birrinhas mais novos entraram dentro daquela banheira e puderam usufruir de uma sessão de flutuação.

Cada sessão tem um valor de 50€ e a duração de 60 minutos. O espaço é bonito e muito cómodo. Tem uma zona para os carrinhos de bebés, outra para amamentação, uma sala partilhada com três banheiras e outra com apenas uma para um momento privado em família.

Entrar em sintonia com a natureza era a nossa prioridade

Já passaram quase dois meses desde o maravilhoso fim de semana no Zmar mas preciso contar-vos como foi a nossa aventura na natureza. Sentimos que estávamos a precisar de entrar em contacto com o campo e decidimos procurar um alojamento que preenchesse todos os nossos requisitos. Não pensem que somos esquisitos mas compreendam que com uma família numerosa e principalmente com dois bebés muito pequenos, as nossas exigências aumentaram.

O Zmar foi a nossa escolha e que excelente escolha! Claro que ficámos reticentes pela possibilidade do tempo não estar a nosso favor pois estávamos em fevereiro, em pleno inverno. Felizmente tivemos sorte e o São Pedro foi nosso amigo!