E tu já abraçaste o teu filho hoje? - Birras em Direto

E tu já abraçaste o teu filho hoje?

À medida que fui crescendo e principalmente a partir do momento em que fui Mãe percebi a importância de um abraço ou de uma demonstração de amor e carinho para uma criança. E sabem o que é mais interessante é que aprendi tanto mas tanto com o Rafael.

O meu filho gosta do toque, gosta do abraço, do beijo, gosta de saber que gostamos dele e está sempre a dizer que gosta muito de nós. Quando chega à escola não entra sem dar um abraço e quando o vamos buscar pergunta se tivemos saudades dele, é sem dúvida uma criança muito rebelde mas igualmente carinhosa.

Aprendi com o meu filho que abraçar diariamente e várias vezes ao dia nunca é demais, aprendi que dizer constantemente que o amo não o chateia, fica ainda mais feliz e retribui sempre. A nossa vida é muito agitada e às vezes esquecemos que isto é tão importante para eles e claramente para nós também.

Nunca fui uma pessoa muito afetuosa, fiquei mais desde que conheci o Edi pois ele era mais romântico que eu, demonstrava o seu amor e dedicação diariamente e eu sempre fui mais fria, no entanto mudei, felizmente.

Sabiam que este tipo de demonstrações faz com que as crianças sejam mais felizes, se sintam amadas, mais seguras, sejam mais saudáveis e até as ajuda a dormir melhor?

É impressionante o poder que um abraço ou um gesto carinhoso tem nos mais novos, se tem em nós imaginem neles.

Sou totalmente contra aquelas pessoas que dizem que mimamos demasiado os nossos filhos, na minha perspetiva o mimo nunca é demais. 

Um bebé reconhece os pais pelo toque e pelo cheiro, a sua comunicação é feita através dos movimentos corporais. Este toque é muito importante desde o primeiro minuto pois diz à criança o quanto é amada e protegida. Recordem-se que o primeiro contacto que temos com eles é na nossa barriga, fazemos festinhas para estabelecermos uma relação de afeto, de amor…

Quantas vezes já ouvimos: Olha aquela mal amada…

E porquê?

Porque é mal educada, está mal disposta, é arrogante, não demonstra afeto…

Todas as crianças que recebem esse carinho, esse mimo, esse afeto conseguem lidar melhor em situações de stress e lidar também emoções negativas.

Sabemos que o que recebemos na nossa infância é espelhado no nosso futuro, aquilo que foram para nós seremos para os outros, por isso Amor nunca é demais.

Não quero que um dia o meu filho diga: A minha Mãe nunca me abraçou…

Já ouvi tantas vezes esta frase que até arrepia!

E tu já abraçaste o teu filho hoje?

Lê também estes Artigos

Sem Comentários

Deixar Resposta