A comparação - Birras em Direto

A comparação

Eu sei que a tentação de compararem gémeos é mais forte e que dificilmente as pessoas se conseguem controlar nos comentários. Eles têm apenas 9 meses e não compreendem mas a Mãe sim, a Mãe ouve, a Mãe fica a pensar neles, naqueles que chegam a ser ofensivos.

A Diana é bonita mas o Diego é muito mais!

A Diana sorri mais que o Diego, ele não é muito simpático!

O Diego deve ter algum problema, está sempre a chorar!

Como eu muitas de vocês devem ouvir estes comentários e mais alguns referentes ao/s vosso/s filho/s. Dar a resposta certa na momento às vezes é difícil e ficamos a remoer naquilo que nos disseram, só passadas algumas horas é que pensamos que podíamos ter respondido à letra.

Se não gostamos de ser comparados porque o fazemos com os outros? A comparação entre gémeos pode futuramente gerar muitas brigas e até insegurança. Cada criança tem a sua personalidade e embora tenham nascido no mesmo dia, até os gémeos verdadeiros são bem diferentes. Segundo alguns especialistas, comparar as crianças ou elogiar uma e apontar o erro da outra são os piores erros na educação de gémeos e também entre irmãos de idades diferentes.

Não vamos massacrar nem vamos permitir que o façam com um dos nossos filhos ao compará-lo com o outro, principalmente em momentos de conflitos ou raiva. Os pais são os primeiros a caírem neste erro, eu não sou exceção à regra mas ao ouvir esses comentários do exterior comecei a cair em mim. Pensei neles, na formação da sua personalidade, nos medos, na insegurança, em tudo o que as crianças podem sentir e acreditem que este tipo de situações podem ser transformadoras na vida dos nossos filhos. Cuidar deles, amá-los, dar-lhes uma infância feliz é o nosso objetivo…

A Diana e o Diego terão as suas identidades espelhadas um no outro eternamente e o jogo das comparações dificilmente irá ter um final mas vamos tentar desfrutar das suas diferenças 🙂

Um beijinho grande

Estou à tua espera também noInstagram e no Facebook

Só tens de me seguir 🙂

Lê também estes Artigos

Comentários (2)

  • Anita 3 meses ago Responder

    Eu sempre vesti os gémeos de forma diferente, para não serem comparados. Cada um é uma pessoa diferente.
    Quanto a opiniões nunca aceitei muito bem e por esse motivo, sabendo os outros disso, não houve muitos comentários nesse sentido.

  • Patrícia Jorge 3 meses ago Responder

    Olá, li o texto e adorei!!!
    Não posso estar mais de acordo, é pura verdade as pessoas na sociedade vivem permanentente comparação com tudo, de uma forma ou de outra acaba por nos afectar, e mais tarde os nossos filhos também porque depois eles já compreendem certas e determinadas coisas, não são com gêmeos mas também com irmãos de diferentes idades, este tipo de comparações por vezes fere as crianças, do gênero: “vês a tua irmã já anda, tu começas-te a andar mais tarde”, ou falar… Ou ” os olhos da tua mana são tão lindos, são azuis, os teus não”. Este comentários inofensivos, magoam sim…E muito… As crianças e pais.
    O nosso objetivo é o mesmo dar carinho, amor, transmitir valores aos nossos filhos, não precisamos que nos depositem insegurança com esses comentários. Somos mais fortes pelos nossos filhos e fazemos com que tudo passe ao lado.

    Beijinhos e muitas felicidades, tem uma família linda

Deixar Resposta