Arquivo de mãe - Página 2 de 2 - Birras em Direto
Browsing Tag

mãe

7 Regras IMPRESCINDÍVEIS para visitar um recém-nascido

Para ser sincera não gosto muito da palavra “regra” neste contexto mas acho que algumas pessoas precisam de ter alguma consciência sobre o que vou falar. A chegada de um bebé é uma alegria que não cabe no peito e ficamos logo curiosos para ver aquele ser tão lindo, tão fofo mas tão frágil e indefeso.

Há uns dias li uma notícia que me deixou chocada, já tinha visto outras do género mas evito sempre porque me deixam mal disposta, baste ler o título. É um pouco difícil pois sou jornalista de profissão, mas continuando… A notícia centrou-se num bebé que tinha falecido porque quando alguém o foi visitar não lavou as mãos, um descuido comum como sabemos, e contraiu um vírus. O Pai da bebé decidiu contar o ocorrido nas redes sociais para alertar as pessoas.

Não me vou alongar nesta notícia pois quero dar-vos algumas dicas básicas para o momento da visita de um recém-nascido bem como a minha experiência, no entanto cada Mãe é única e pode ter a sua opinião…Aqui vão elas:

Cala-te BOCA! 11 coisas que não deves dizer a uma Mãe

Para ti que ainda não tivestes filhos, para ti que tens mas já te esqueceste como foi e para mim que pensei e disse quase tudo o que se segue sem conhecimento de causa.

Peço desculpa a todas as minhas amigas que tiveram filhos antes de mim, pois agora entendo todos os comportamentos que tiveram… É tão fácil falar quando não passamos pelas situações, o difícil é depois engolir os sapos!

Então vamos a isso…

O que não deves dizer a uma Mãe?

        1. Assim que o teu filho nasceu desapareceste!

Mas isso é óbvio! A nossa vida dá uma volta de 180º e as prioridades mudam, as exigências de um bebé são enormes e ainda nos cobram as saídas, os telefonemas e os cafés? O tempo livre que temos é para comer e tomar banho…

Quando a maldita depressão aparece na nossa vida e resiste em dizer adeus…

Pensei que fosse mais fácil escrever sobre ti Mãe…

Comecei a entender a tua forma de pensar e de agir a partir do momento que foste Avó e eu Mãe do teu Neto. Acho que todas dizemos o mesmo e só damos valor quando entra na nossa vida o maior Amor que alguma vez sentimos, o nosso Filho.

Fizeste anos há dois dias e sei que o teu maior presente foi a presença do teu neto, foi a alegria dele a cantar-te os parabéns assim que entrou na tua casa, ele consegue afastar a tua tristeza, consegue devolver aos teus olhos a alegria que anda escondida há anos.

Mas afinal o que te deixa assim? As pessoas que estão a ler este artigo querem saber…

Mãe lê-me uma história antes de dormir

Era uma vez um reguila com apenas 3 anos que gostava muito de histórias de aventura, o imaginário dos dragões, dinossauros e do lobo mau levava-o para um mundo onde pudesse ser a personagem principal, o verdadeiro super-herói.

Adoro que ele se sinta assim, adoro ver a felicidade no seu rosto quando lhe leio aquela história, as gargalhadas, a interação à medida que pronuncio aquele conjunto de palavras…

Agora anda viciado no livro “Os beijinhos do Lobo Mau“, um livro-fantoche super divertido que mostra às crianças que há sempre um amigo por perto para nos animar e nos encher de miminhos e beijinhos.

Vocês podem perguntar… Mas afinal o teu filho não pede para ver vídeos no Youtube antes de dormir?  Claro que pede e claro que às vezes deixo mas também me pede para lhe ler livros pois já é uma rotina aqui em casa.

Adoro ver programas de culinária mas não gosto de cozinhar

Já dizia a minha Avó e a minha Mãe que uma Mulher que se preza tem de saber cozinhar. Eu desenrasco-me na cozinha sim, tenho uma Bimby e consigo fazer coisas maravilhosas mas tenho preguiça e depois quando não sai como quero irrita-me e perco a paciência.

Prefiro fazer coisas simples e já está. Já pensei tirar um curso principalmente para confeccionar pratos saudáveis mas falta-me o empurrão. O problema é que o homem aqui em casa é pior que eu, cozinhar não é mesmo a praia dele, não tempera nada, e só faz bife grelhado com salada e está bom. Bahhh

Tenho amigas que são piores que eu, que não cozinham, nem fazem uma refeição de jeito e tenho outras que são um espetáculo na cozinha, têm marido, uma catrefada de filhos e conseguem ser maravilhosas na cozinha e ainda têm tempo para tudo. Que inveja ahahahah

A minha Mãe é a Melhor Mãe do Mundo!

Sabes…Eu tenho a Melhor Mãe do Mundo!

Ela carregou-me durante 9 meses, passou por momentos complicados e arranjou forças para superar tudo!

O Amor que ela sente por mim é maior que todo o Amor existente neste Mundo! E Não…Não duvides…

Ela transforma-se em Mãe Leoa se algo me faz mal, por mais mínimo que seja o problema, ela vai dar o corpo às balas para me defender.

Assim que nasci ela deixou de dormir, o corpo dela já não era o mesmo, as olheiras pesavam no seu rosto mas sabes que mais? Ela é a Mulher mais bonita do Mundo para mim…Ela é uma Mulher mais Feliz, mais completa… É uma Mulher muito forte e com uma garra que faz de mim o filho mais sortudo!

Uma Mãe solteira, cansada e sem ajuda

Hoje venho falar-vos de uma Mãe que conheço e que gosto bastante… Uma Mãe que ama desempenhar o seu papel maternal, o melhor que a vida lhe trouxe…Uma Mãe que precisa de ajuda e sente-se mal por isso…

Uma vez perguntou-me se seria má Mãe por sentir que precisa de ajuda com o seu filho e precisa de tempo para ela também…

Ela não tem ajuda de ninguém, é Mãe solteira, e nem a família nem o Pai da criança facilitam o papel mais importante da sua vida…Nem uma única mãozinha! Não sabe o que é um cinema há anos, jantares com amigos nem vê-los e a vida dela limita-se ao trabalho e à casa com o seu mais que tudo!!!

Claro que precisa de tempo sozinha e com amigos, precisa de espairecer, de se divertir…

Os beijos da Mãe curam

Sempre que o Rafael se aleija, tem medo, está triste ou lhe dói algo vem pedir um beijinho à Mãe. Eu dou sempre, na realidade fui eu que implementei este hábito nele desde muito bebé e agora quando algo acontece do género já é ele que vem ter comigo. O que é engraçado é que ele começou a fazer o mesmo com as pessoas à sua volta. Quando nos aleijamos ou nos queixamos de algo ele rapidamente vem ter connosco e dá-nos um beijo seguido das palavras carinhosas –  Já passou, o Rafa deu um beijinho e já não dói”

É das coisas mais bonitas que já vi e ouvi…

Na realidade eu acredito mesmo que os beijos dos Pais curam, como acredito que os beijos de um filho também curam, principalmente aquelas feridas do coração! Sabem, aquelas que parecem que não têm cura e basta um sorriso deles, uma festinha, um beijinho para ganharmos força? Sim são essas mesmo!

Sabiam que este facto está cientificamente comprovado? 

Dinora, a hospedeira de bordo que deixou de voar para ser Mãe

A Dinora vive no Lubango, uma cidade no sul de Angola, tem 30 anos e é Mãe de dois bonequinhos, o Daniel com 4 anos e a Daniela com 7 meses.

Hoje, a Dinora é Mãe a tempo inteiro! Mas e antes? Antes da maternidade?

Durante 8 anos trabalhou como hospedeira de bordo, não era o seu emprego de sonho mas tornou-se uma grande paixão. No entanto, a notícia de que iria ser Mãe mudou a sua visão! 

Quantas e quantas Mães conciliam a maternidade com a vida profissional e sacrificam uma delas? A escolha às vezes não é a melhor mas não há volta a dar. As mães precisam de trabalhar para dar uma boa vida aos seus filhos, para lhes dar o que comer, o que vestir, onde dormir… E o resto? E o tempo? E a disponibilidade para eles? E a paciência e a energia que ficam durante o dia no trabalho? A atenção que eles precisam, onde está? Às vezes, nós Mães, somos as Super-Mulheres e conseguimos conciliar tudo da melhor maneira… Mas outras vezes, quando o trabalho prejudica a maternidade, a família, a saúde…aí sim vamos ter que ir buscar forças onde não sabemos e abdicar do que nos faz mal!

A Dinora deu uma volta de 180º na sua vida e conta-nos como foi…