Saldos, pessoas loucas e prioridades falsas - Birras em Direto

Saldos, pessoas loucas e prioridades falsas

O título do artigo parece um pouco estranho mas eu passo a explicar…

No primeiro dia de saldos aqui a louca e o seu filho de 2 anos decidem enfiar-se num shopping para fazer trocas de prendas de Natal e ver os saldos imperdíveis. Não sei o que me passou pela cabeça sinceramente!!!

Chegamos bem cedinho mas o shopping já estava cheio de gente, imaginem o cenário…

Vou passeando pelos corredores e espreito para dentro das lojas, filas intermináveis, pensei… arrisco ou desisto mas já que estou aqui bora lá. O que fui eu fazer? A minha sanidade mental abandonou-me naquela hora só pode! A única forma de entreter o Rafael num espaço comercial é dar-lhe o telemóvel para ver vídeos ou então o miúdo desata a correr e vou perdê-lo no meio de tanta gente.

Episódios caricatos deste dia louco:

  • Entro na primeira loja e a fila dava a volta à mesma. No fim da fila lá estou eu e à minha frente estava uma senhora com um bebé de meses, disse-lhe para avançar que tinha prioridade, ela responde amavelmente que não seria necessário ( eu raramente utilizei a prioridade a não ser quando o Rafael estava impaciente ou em momentos com grandes aglomerados como era o caso). Passado uns minutos passa uma funcionária e pede-me a mim e à tal senhora para passarmos a fila, eu neguei pois o meu filho tem 2 anos e 8 meses e passa o limite da prioridade ( mas estava desejosa de passar como é óbvio), a senhora ficou muito constrangida e diz ” Não quero arranjar confusão por passar à frente”. Isto fez-me imensa impressão. Desde quando um direito nosso pode causar confusão? Desde quando uma pessoa com prioridade tem de ficar constrangida numa situação destas? Tive tanta pena da senhora por se sentir assim, mas passou à frente 🙂 A nossa sociedade ainda tem tanto para aprender…

 

  • Mais uma loja mais uma situação caricata. Uma senhora com a minha idade passa à frente de toda a gente com um carrinho de bebé e uma manta a tapar o carrinho. Fez-me confusão porque não se deve tapar o carrinho pois o ar não circula, a temperatura começa a ficar alta e há o risco de sufoco. Fui alertada por uma pediatra que se cruzou comigo na rua quando tinha um pano a cobrir o carrinho do Rafael por isso agora fico muito atenta. No entanto não foi apenas isto que me chocou, a manta desliza e não há bebé nenhum, rapidamente voltou a cobrir o carrinho antes que alguém se apercebesse. Para mal dos seus pecados eu vi. Ahhhh a sério minha gente? Isto acontece mesmo?

 

  • Estou mais uma vez na fila e de repente oiço uns gritos, duas senhoras queriam a mesma camisola, única por sinal e estavam a disputar quem tinha agarrado primeiro na peça. Eu não sei porque ainda perco tempo a ver tv com acontecimentos destes!

 

  • Um senhor refilava que tinha comprado no dia anterior uma peça por um valor muito acima do marcado no dia de hoje, a funcionária muito calma explicou que os saldos tinham começado à poucas horas por isso era normal isso acontecer e o senhor já com alguma idade exigia que devolvessem a diferença… Não sei como ficou, entretanto saí da loja ahahah

A sério que em apenas um dia presenciei algo digno de uma novela? Não me venham com histórias sobre mães que levam os bebés para as compras, que é desumano, e as culpadas são elas, bla bla bla bla bla. Sempre fiz tudo com o meu filho, até aos dois anos são obrigados a dar-nos prioridade depois disso não. Embora eu acho que a prioridade com crianças devia ser alargada, mas isso já são outros milhões.

Bem mas com isto aprendi, que compras agora só on-line! 🙂

Beijinhos

PS: Se gostaste deste Artigo e queres receber os próximos em 1ª mão pelo Messenger do facebook CLICA AQUI para subscreveres a minha Lista Exclusiva e tão Especial do Birras em Direto

Lê também estes Artigos

Comentários (3)

  • Suse Sousa 9 meses ago Responder

    Olá Marta, ainda não conhecia a existência deste blog, o qual me surpreendeu pela positiva e vou continuar a seguir.
    Estas histórias fizeram-me lembrar uma que tive. Quando estive grávida, se usei a prioridade 2/3 vezes foi muito e só em situações muito específicas, aliás sempre fiz a minha vida normal e trabalhei até há ultima semana de gravidez em pleno verão.
    Estavamos em pleno Agosto, eu com uma barriga enorme (a minha filha nasceu a 23), com um calor infernal, precisei de ir comprar águas e fui ao Lidl, tinha a minha mãe comigo para me ajudar, mas estava umas filas enormes e solicitei a prioridade, o qual as pessoas me deram. O cúmulo disto,foi um senhor (dos seus 50’s) fit, barra o seu carrinho no meu impedindo a passagem. Voltei a dizer-lhe que estava numa fila prioritária (foi em 2014), as pessoas há frente disseram que tinha prioridade que estavam a deixar passar e houve ali uma troca de galhardetes.Ninguém do supermercado opinou do quer que seja ( o que está mal!) Hoje penso que devia ter chamado a policia, mas eu só queria sair dali. Assim que sai, só pensei… ainda bem que o meu marido não estava ali, mas depois penso se calhar tinha evitado esta situação, mas o mais provável é que houvesse a 3ª guerra mundial.
    Ah.. já agora e pelo post das birras de 2 anos, há dicas para as de 3? em que tenho uma pestinha? 🙂
    Bjinhos

    Marta Rodrigues 9 meses ago Responder

    Olá minha querida fico muito contente pela tua partilha 🙂 Continua a dar uma vista de olhos vou gostar da tua presença e que comentes claro. Relativamente às prioridades tive umas quantas situações como as tuas, numa o meu marido estava presente e sim deu-se a 3º guerra mundial, com os homens já é de esperar ahahahah!!! O meu pequeno faz 3 anos daqui a 2 meses e meio e as birras continuam e acho que para pior… Este tema é tramado por mais que implemente inúmeras dicas às vezes funcionam sim mas outras vezes nem por isso. Há que insistir sempre e não é fácil! Um beijinho grande 😀

  • Claudia Oliveira 10 meses ago Responder

    Ok…a minha alma ainda está parva com o episódio número 2 :/ ao que as pessoas chegam…meu Deus! Sobre a prioridade nem me vou pronunciar porque é um assunto que me irrita profundamente, já está muito tarde e não quero ir para a cama alterada ahahah boas compras sejam elas online ou não 😜

Deixar Resposta